Ordem dos Médicos Veterinários

Pesquisa

OMV ajuda a repovoar com animais as zonas afetadas pelos incêndios estabelecendo Protocolos com várias entidades da região centro

No seguimento dos incêndios que assolaram o país no ano de 2017, a Ordem dos Médicos Veterinários (OMV), assinou no passado dia 16 de fevereiro de 2018, em Pedrógão Grande, um protocolo com a Câmara Municipal e Juntas de Freguesia da região, tendo-se seguido uma visita do Bastonário da OMV, Jorge Cid, a algumas explorações agrícolas atingidas por esta tragédia. Na parte da tarde, no Conselho Regional do Centro, em Coimbra, foram assinados mais dois protocolos, um com a Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela (ANCOSE) e outro com a Associação Agropecuária de Vale de Besteiros (AAPVB). O Bastonário aproveitou ainda esta ocasião para agradecer pessoalmente aos Médicos Veterinários que estiveram no terreno a apoiar população.

Um dos projetos visa repovoar a Serra da Estrela com ovinos, permitindo o restabelecimento do material genético perdido com a morte de cerca de 8 000 ruminantes, muitos da raça autóctone Serra da Estrela. O segundo protocolo destina-se a repovoar as zonas de Tondela, Santa Comba Dão, Mortágua e Penacova. Também os pequenos e médios agricultores de Pedrógão Grande serão contemplados neste plano, através da doação de ruminantes, alimento e da reconstrução de zonas de acolhimento para estes animais. 

Estes protocolos e projetos resultam da generosidade dos portugueses que, na altura dos incêndios e perante o apelo da Ordem para apoiarem os animais e agricultores, se mobilizaram doando alimentos e donativos para uma conta solidária.

Veja aqui a reportagem da RTP1 sobre esta iniciativa.

Veja mais notícias publicadas na Comunicação Social aqui.